Novela “Luz do Sol”: Belquiss admira os músculos de Tom!!😲😲 17/4/18

Eita!! O que é isso? Vem saber dando uma espiadinha no resu’micro diário da novela “Luz do Sol” no capitulo 067 (*) terça-feira, 17 de abril

•~•

Leonardo atira num espelho para mostrar aos sujeitos que está falando sério. Georgi repreende o pai afirmando que foi ela quem pegou as chaves dele por engano. Na clínica, é feita a transfusão do sangue de William para Vicente. Stella diz à mãe que resolveu contar para Freddy que o traiu no passado e que Drica pode não ser filha dele. Leonardo aponta a arma para cabeça de Lucio, mas outro homem faz o mesmo com ele. Leonardo abaixa a arma, mas acerta o homem com um golpe, o desarma e entram em luta. Os homens surram Leonardo, também tentando tirar informações sobre o paradeiro de Plínio. Um carro encosta na calçada e joga Leonardo na rua, machucado e a desacordado. Um táxi chega e alguém resgata Leonardo. Vicente está fora de perigo. A produtora da tevê liga avisando que acharam o dono da pasta com um milhão e marca o encontro com Babá Edith.

Belquiss admira os músculos de Tom e inventa mais um plano para fazer ciúmes no ex-marido e a Verônica: ir com ele um hotel de luxo. Isabela fica nervosa com o sumiço de Leonardo, Stella percebe e a filha entrega que viu o tio ontem saindo de casa armado. Em seu consultório, Lorena cuida dos ferimentos de Leonardo, que está aparentemente dopado. Belquiss procura Verônica para agradecer pelo creme (melado) e avisar que o produto funcionou tanto, que ela passará a noite na suíte 54 do luxuoso Holtel Sultan, onde, inclusive, pensa em realizar seu casamento com Tom. Verônica confessa a Cléo que está morrendo de ciúmes de Tom e a amiga recomenda que ela se declare a ele. Belquiss arma para Marcelo a surpreendê-la com Tom no hotel. Milena fica irritada porque William não dormiu em casa. Eliana apresenta William a Vicente como o homem que lhe salvara a vida. Lorena chega à casa de Leonardo amparando-o, ainda meio apagado e com dor. Ela conta para a família que, por sorte, encontrou Leonardo caído no chão próximo do seu consultório, onde ele acabara de ser assaltado. Ela chora falsamente, lembrando o medo que teve de perder Leonardo de vez.

Nicole flagra Nicanor olhando o perfil de Ângela na Relacionamentospontocom. O dono do milhão é um velhinho milionário, Edgar Sultan, dono dos Hotéis Sultan. Ele quer recompensar Babá Edith pela sua honestidade, mas antes Verônica o chama num canto com Ângela para fazer-lhe um pedido especial. Na suíte, assegurando que Marcelo irá até lá para atender a suposta cliente importante, Belquiss insiste com Tom que ambos têm que ficar nus na cama para que a cena seja bastante contundente. Tom começa a se apavorar. Isabela aconselha Helô a armar para Bernardo se decepcionar com Drica. Achando que é Marcelo na porta, Belquiss agarra Tom na cama, lhe esbofeteia para simular sexo selvagem. Mas quem entra é a equipe de tevê, acompanhada de Verônica, que confirma para as câmeras que ela tinha razão: que Tom não vale nada e que tudo que falou dela na matéria do shopping é pura calúnia. Ao sair da casa de Eliana, William é abordado por Agenor que o chama para uma conversa de homem para homem. Maria Eugênia pede a Marcelo que faça o teste de DNA em Drica, mas que ele entregue o resultado do exame apenas para ela.

(*) edição sujeito a alteração de data e conteúdo

Novela “Os Dez Mandamentos”: Resumo de 09 a 13/4/18


Já está de olho no resumo dos próximos capítulos (*) da novela bíblica “Os Dez Mandamentos” que foi divulgado pela Rede Record? Em que Moisés aconselha Arão a terem atenção com saqueadores e povos hostis!!

•~•
No capitulo 185, segunda-feira, 09 de abril – Ramsés tenta mudar o pensamento de Nefertari, mas é provocado por ela e acaba concordando com a ideia de matar Moisés. Um oficial avisa o rei que Jahi retornou ao Egito. Jahi se espanta ao saber por Ramsés que Radina fugiu com os hebreus. Meketre confirma para Ahmós que realmente é pai biológico de Bak. Bakenmut e Jahi aprovam a decisão de Ramsés reunir o exército para ir atrás dos escravos. Paser fica surpreso com o desejo de vingança revelado por Nefertari. Bakenmut pede que Ikeni reúna os oficiais para uma conversa com Ramsés. Paser se entristece com a determinação de Nefertari exterminar o povo hebreu.

Tais ganha uma flor de Bak e se emociona ao ver o menino sofrer com a falta da mãe. Hori e Meryt ficam enciumados ao verem os dois abraçados. Tais diz que todos eles formam uma só família e as crianças se abraçam. Ramsés passa as instruções para os oficiais e pede agilidade para que a comitiva parta para o deserto o quanto antes. Paser e Ikeni ficam preocupados com a vida dos hebreus. Bakenmut informa Ramsés que os espiões saíram para localizar os escravos. Paser diz para Ramsés que Deus já mostrou do que é capaz e alerta ser perigoso afrontar os hebreus. Abigail conta que Safira precisa manter a fé para que consiga engravidar.

Moisés aconselha Arão a terem atenção com saqueadores e povos hostis que possam se aproximar. Sozinho, o libertador pensa em Zípora e os filhos. Miriã vê o sorriso do irmão e assume estar ansiosa para conhecer Zípora. Eliseba e Arão ficam preocupados ao verem Oseias aproximando-se de Ana. Judite pede que o rapaz mantenha distância da filha para que não irrite Apuki. Apuki confessa para Jairo que se arrependeu de deixar o Egito. Karoma sofre ao saber que Ikeni terá que perseguir os hebreus.

Alguns dias se passam e Ramsés comunica que o exército irá partir. Karoma e Ikeni choram na despedida de Ikeni. Preocupado, Paser encontra o oficial e lamenta que ele tenha que partir. Ramsés discursa encorajando o exército e segue acompanhado dos oficiais para o deserto. Paser ora para que Deus proteja a vida de Simut. Nefertari se anima com a partida de Ramsés para encontrar Moisés. Karoma conforta Pepy dizendo que Ikeni não morrerá. Ramsés e o exército avançam ameaçadoramente pelo deserto.

•~•
No capitulo 186, terça-feira, 10 de abril – Nadabe e Abiú se desesperam ao notarem o exército de Ramsés se aproximar. Nefertari se mostra determinada com o desejo de vingança. Os hebreus se apavoram com a aproximação dos soldados egípcios. Paser discute com Nefertari e passa mal. A rainha se assusta ao ver o pai desmaiado. Safira, Judite e Bina imploram pela proteção de Deus. Datã, Corá e Abirão reclamam da situação e culpam Moisés. Com Paser nos braços, Nefertari grita por socorro. Moisés tenta incentivar o povo a acreditar no poder divino. Karoma e Nefertari tentam socorrer Paser. Afastado dos outros hebreus, Moisés conversa com Deus.

O Senhor ordena que o povo continue marchando. Ramsés avista o acampamento dos escravos. Bak fica tenso ao descobrir que o faraó está perseguindo o povo hebreu. Karoma busca ajuda para Paser. Bak pede que Meketre diga a verdade sempre. Nefertari fica aflita com o estado de Paser. Bak ora para Deus e a família de Meketre estranha a atitude do menino. O pânico toma o acampamento dos hebreus. De repente, de forma inesperada surge uma figura angelical no céu que se funde à coluna de nuvem. Joquebede e Miriã se emocionam coma visão do anjo. O povo fica maravilhado com o que vê. Forma-se uma nuvem de fogo e o tempo escurece.

•~•

No capitulo 187, quarta-feira, 11 de abril – Ramsés avança com seu exército quando a coluna de nuvem e fogo surge como um ciclone avançando em direção aos egípcios. Uma bola de fogo cai sobre o carro de Ramsés. Soldados se apavoram. Cavaleiros caem de seus cavalos. Ramsés fica irado diante da coluna que lhe barra o caminho. Nefertari chora desesperada com o estado de saúde de Paser. Moisés tem novo encontro com Deus. Começa uma forte ventania. Bak explica sobre o poder de Deus para sua nova família. Paser abre os olhos lentamente e pede para chamarem Nefertari. A rainha chora ao se recordar de momentos ao lado de seu pai. Karoma chega e avisa que o sumo sacerdote deseja vê-la. Karoma diz acreditar na recuperação de Paser. Nefertari e ele conversam francamente.

A rainha diz que não pode perder o pai. Egípcios ofendem Bak e Hori e Meryt protegem o irmão. Meketre intervém e ameaça os rapazes. Pepy conversa com Karoma e pergunta pelo pai. Tais e Meketre falam com alguns egípcios e chegam a conclusão que a culpa é do rei. Nas últimas, Paser conversa com Nefertari. A rainha se desespera ao notar que seu pai está morto. Moisés ergue o cajado em direção ao Mar Vermelho. O vento começa a soprar cada vez mais forte. O mar começa a se abrir. As águas se levantam formando um muro de cada lado. O povo assiste ao fenômeno boquiaberto. Ramsés se impressiona com o que vê.

Karoma tenta amparar Nefertari. Do alto de um rochedo, Moisés grita mandando o povo marchar para a fenda aberta no meio do mar. Desesperado, Ramsés manda o soldado avançar, mas são impedidos pela coluna de nuvem e fogo. Os hebreus seguem caminhando pela abertura do Mar vermelho. Ramsés ordena que seu exército avance em direção à abertura no mar. Os últimos hebreus terminam de passar pelo solo seco. Os egípcios começam a passar entre as paredes de água com seus carros e cavalos. Moisés é o último hebreu a atravessar. Os soldados egípcios seguem na perseguição em meio às paredes de água. Moisés, com seu povo atrás, observa a abertura o mar ainda aberto.

•~•

No capitulo 188, quinta-feira, 12 de abril – Moisés ouve a instrução de Deus e estende a mão sobre o mar, fazendo as paredes de água se desfazerem. Bakenmut, Ikeni e Jahi morrem afogados. Derrotado, Ramsés chora com ódio de Moisés. Karoma consola Nefertari, que sofre com a morte de Paser. Tutmósis inicia a cerimônia de embalsamamento de Paser. Agradecidos pelo livramento, Moisés e o povo começam a louvar a Deus. Joquebede e Miriã ficam admiradas ao verem Moisés concentrado escrevendo o livro. Arão diz que os hebreus estão livres da opressão do Egito, mas tem a sensação de que a jornada está apenas começando. Simut, Radina, Chibale e Gahiji lamentam que Ikeni e Jahi tenham morrido tragicamente.

Nefertari lê um papiro que ganhou de Paser e chora. Karoma diz para Pepy que Ikeni em breve estará de volta. Hur e Leila sofrem com saudades de Uri. Ahmós se impressiona ao ver Ramsés retornando da batalha sozinho e arruinado. Meketre se surpreende ao saber que Ramsés voltou derrotado. Ramsés avisa Nefertari que perdeu a guerra e todos os soldados morreram, deixando-a espantada. Bak estranha ao ser vestir como egípcio. Ramsés se sensibiliza com a tristeza de Nefertari pela morte de Paser. Karoma descobre que Ikeni morreu e se desespera.

Apuki reclama com Moisés da falta de água. Karoma hesita em contar para Pepy que Ikeni não está mais vivo. Os hebreus caminham exaustos pelo deserto até que Moisés avista um oásis. Corá, Apuki e Jairo são os primeiros a chegar até o lago, experimentam a água e reclamam do gosto e começam a cobrar Moisés. Arão diz que Deus não os tirou do Egito para morrerem de sede no deserto e pede para terem fé. Karoma decide deixar o palácio e se despede de Nefertari. Diante do lago de água inapropriada de se beber, Moisés pede ajuda ao Senhor.

•~•
No capitulo 189, sexta-feira, 13 de abril – Um vento forte sopra sobre Moisés e Deus pede para que Moisés pegue um galho de uma árvore próxima e atire sobre a água do lago. Moisés atende às ordens do Senhor e a água fica limpa e potável. Todos se fartam com a água, inclusive Corá, Jairo e Apuki. Moisés diz para Arão que precisa da atenção do povo. O irmão atende de imediato e diz que o libertador tem algo a dizer. Moisés diz que se todos ouvirem atentos aos ensinamentos do Senhor, nenhuma enfermidade virá sobre eles. Todos se emocionam com as palavras. Dois meses se passam e os hebreus seguem caminhando pelo deserto.

A coluna para sobre um determinado ponto e Moisés diz ao povo que devem montar acampamento naquele local. Arão percebe que Apuki dá ordens nos hebreus e diz que ele precisa trabalhar também, caso contrário não terá onde dormir. As mulheres ajudam os maridos a construir as tendas, todos felizes. Aoliabe e Bezalel vão ajudar Gahiji, Chibale e Simut que não conseguem montar suas barracas. Moisés e Oséias observam o acampamento sendo montado felizes. Os hebreus reclamam de fome e deixa Moisés preocupado. O libertador fala mais uma vez com o Senhor que diz que irá prover pão e aves ao povo. Codornizes aparecem e deixa os hebreus satisfeitos por mais esse milagre.

Ana diz a Oseias que Apuki não quer que eles fiquem juntos e o hebreu pede calma a amada, que é apenas uma questão de tempo. Apuki vê Ana conversando com Oseias e vai tirar satisfação. Gahiji ajuda as mulheres a preparar as codornas. Simut, Gahiji, Chibale e Leila se lembram dos momentos que passaram no Egito e se emocionam. Moisés diz a Joquebede que sente pelos hebreus que ainda não acreditam no poder de Deus. A mãe do libertador consola o filho e diz para ter paciência. Amanhece no deserto e ao acordar, os hebreus ficam maravilhados com mais um milagre.

(*) edição sujeito a alteração de data e conteúdo

Novela “Os Dez Mandamentos”: Arão marca o sangue na porta e avisa que a promessa de Deus está prestes a se cumprir. 29/3/18

Confira abaixo o resu’micro diário da novela bíblica “Os Dez Mandamentos” do capitulo 178, quinta-feira, 29 de março Exibida de segunda a sexta-feira na Record a partir das 19h45. 

•~•

Ramsés ordena que Bakenmut descubra o que Moisés irá fazer com os cordeiros. Oseias decide levar um cordeiro para a família de Ana. Paser vê o desespero de Nefertari em perder Amenhotep e tenta acalmá-la. Apuki se enfurece ao ver Oseias e o expulsa. Jairo encara o pai com raiva, enquanto Judite e Ana o recriminam. Corá questiona Datã se pode voltar a morar com ele e a família. Arão diz para Eliseba que não há chance de Ramsés confiscar os cordeiros. Paser assume para Gahiji que está com saudades de Simut.

Nefertari sofre por Ramsés se negar a dormir com ela. Tais sugere que Meketre leve Hori e Meryt à vila para terem proteção. Ikeni surpreende Moisés ao informar que Ramsés descobriu a grande quantidade de cordeiros na vila e poderá capturá-los. Karoma diz saber como as vidas dos primogênitos serão salvas, deixando Radina curiosa. Moisés teme que Ramsés queira tirar o rebanho do povo hebreu, mas Ikeni avisa que não falará nada para o rei. Meketre fica angustiado com a dúvida de que Bak é o filho primogênito dele. Ahmós conta que Karen era praticamente exclusiva do comerciante e, caso seja verdade, Hori estará salvo da praga.

Gahiji deixa Paser espantado ao revelar que existe um jeito dos primogênitos serem salvos. O sacerdote diz que Ramsés jamais aceitará agradar o Deus hebreu e jura segredo. Ikeni mente para Ramsés ao contar que os cordeiros serão levados para o deserto, quando os hebreus partirem. O rei ordena os oficiais confisquem o rebanho e leve-o para os campos egípcios. Ikeni e Karoma se desesperam com a notícia de que os cordeiros da vila serão capturados. Paser contesta a decisão de Ramsés e o irrita.

Apesar da vontade de falar a verdade, Karoma conta para Nefertari que não sabe como salvar os primogênitos. Aoliabe, Bezalel e Nadabe avisam que oficiais estão na vila seguindo para a casa de Joquebede. Pesaroso, Ikeni comunica Moisés que terá que levar todos os cordeiros. Simut retorna de viagem e entrega para Paser a urna com os ossos de José. Moisés pede que Ikeni busque os oficiais. O libertador discursa sobre o que acontecerá com todo o Egito caso os cordeiros sejam apreendidos.

Os oficiais se espantam com a possibilidade de perderem os filhos e decidem ajudar Moisés. Aliviados, os hebreus comemoram mais um milagre. Três dias se passam e chega o dia da praga. Hur, Leila e Bezalel se esforçam para convencer Uri a ficar protegido na vila. Aoliabe e Bak ajudam Zelofeade a marcar a porta de casa com sangue. Acompanhado dos filhos, Arão marca o sangue na porta e avisa que a promessa de Deus está prestes a se cumprir.

(*) edição sujeito a alteração de data e conteúdo

Novela “Os Dez Mandamentos”: Moisés a Arão contam para os hebreus que o faraó decidiu libertá-los!! 13/3/18

Depois da chuva de granizo e bolas de fogo que caíam do céu, o Egito ficou um caos. Ramsés pede que a praga acabe. De olho no resu’micro diário da novela bíblica “Os Dez Mandamentos“, exibida na Record a partir das 19h45 de segunda a sexta-feira.

•~•

No capitulo 166(*)terça-feira, 13 de março

•~•

Moisés e Arão descem do monte e retornam à vila dos hebreus. Corá discute com os filhos e diz para que eles não acreditem nas palavras de Joquebede e Moisés. Bezalel e Leila se mostram preocupados com Uri e os outros amigos do palácio. Ana e Oseias continuam procurando por Judite e se abraçam apaixonados. Ikeni descobre que Yunet saiu da cela e se preocupa com a reação que o faraó terá quando descobrir a fuga. Ikeni avisa Ramsés que Yunet saiu e Paser diz que viu o corpo da vilã na cidade. Ramsés ordena que os corpos dos egípcios nobres sejam embalsamados e os demais enterrados no deserto. Datã teme pela retaliação de Ramsés com o povo hebreu. Ana conta a Apuki que a vila dos hebreus não foi atingida pela tempestade e o deixa surpreso.

Meketre diz a Tais que a cidade está um caos e diz acreditar que talvez o Egito não consiga se recuperar. Preocupado com a filha, Paser conta para a princesa sobre a morte de Yunet. A princesa se revolta dizendo que Moisés salvou a vida de Joquebede e levou a de sua mãe por vingança. Bakenmut diz a Ikeni que Ramsés prometeu a Moisés que libertaria os escravos caso a tempestade terminasse. O faraó organiza uma incursão à cidade para avaliar os estragos e é acompanhado pelos generais. Os hebreus temem por uma retaliação dos egípcios. Nadabe, Abiu e Itamar retornam da cidade e dizem aos demais hebreus que o estrago foi muito grande. Moisés e Arão retornam para casa para alívio de toda a família.

Moisés a Arão contam para os hebreus que o faraó decidiu libertá-los deixando todos radiantes. Ramsés e Nefertari conversam e ele diz que não suportaria perder a mulher e o filho. Simut diz a Paser que não quer mais ser sacerdote uma vez que os deuses egípcios não fizeram nada para protegê-los. Miriã compõe uma música em hebraico e surpreende Oseias. Moisés diz para Joquebede que pretende buscar sua família em Midiã. Joquebede diz que sente muito orgulho de Moisés e Arão e deixa o libertador emocionado.

(*) edição sujeita a alteração de data e conteúdo

•~•

Novela “Os Dez Mandamentos”: Moisés e Arão continuam em direção ao monte para invocarem a sétima praga😯 9/3/18

Dá uma espiadinha no resu’micro diário do capitulo 164 (*) da novela “Os Dez Mandamentos”, sexta-feira, 09 de março. Não perca! A sétima praga vem aí! Prepare-se para chuva de granizo!

•~•

Ele diz que ainda dá tempo da vilã se arrepender, mas a megera não o escuta e grita mandando ele se retirar. Karoma e Radina comentam sobre a decisão do faraó de executar os hebreus. Uri e Gahiji seguem para o local da execução. Meketre e Tais fazem compras no comércio da cidade com os filhos. Ana e Judite chegam ao local do enforcamento. Inês se desesperar ao ver Eleazar prestes a morrer. Nadabe grita pedindo para os soldados soltarem seus familiares. Moisés e Arão continuam caminhando em direção ao monte para invocarem a nova praga. Eliseba implora para Nadabe se acalmar.

Hur critica a atitude do rei. Zelofeade se apavora ao ver Abigail passando mal. Bina, Safira, Datã, Abirão e Corá chegam ao local da execução. Uri vê Leila, Bezalel e Hur e corre para abraça-los. Simut conta para Paser sobre o encontro com Yunet na prisão. Moisés e Arão chegam ao pé do monte. Nefertari se mostra confiante no poder do faraó. Ramsés e Amenhotep rezam para os deuses egípcios. Meketre, Ahmós e Apuki dizem acreditar que as pragas terminaram. Mesmo confiante, Ramsés é cauteloso e pede para Amenhotep não sair do palácio.

Moisés e Arão seguem rumo ao topo do monte. Para a surpresa de Leila, Uri conta que Yunet foi condenada à morte. Mesmo diante de todo desespero, Joquebede mantém a fé em Deus. Ao ouvir Corá e Datã criticarem Moisés, Safira intervém e defende o profeta hebreu. Bakenmut se irrita e agride um dos escravos condenados. Moisés e Arão finalmente chegam ao cume do monte. O escriba real anota as palavras ditas pelo faraó. Apuki grita provocando os hebreus. Os oficiais egípcios se preparam para iniciar as execuções. Do alto do monte, Moisés dá início à sétima praga. O céu fica turvo, as nuvens se movimentam e o tempo começa a fechar. No local da execução, hebreus e egípcios se espantam com a mudança do tempo.

(*) edição sujeita a alteração de data e conteúdo

•~•

Novela “Luz do Sol”: Verônica relata a Tom o ataque que sofreu! 20/2/18

Resu’micro diário da novela “Luz do Sol” confira abaixo 👇

•~•

Capítulo 027 (*) terça-feira, 20 de fevereiro

•~•

Leonardo dá um fora em Lorena, diz que não quer mais nada com ela e sai. Ela brinda sozinha com champanhe ao “futuro”. Verônica relata a Tom o ataque que sofreu de Carlos e lhe atribui a culpa por ter aceitado a carona do tarado por estar sem seu carro, que ele mandou rebocar. Dá um chilique e sai, sem que ninguém tenha entendido nada. Rosa pergunta se o que Vicente fala é verdade, se sua vida com eles foi uma mentira. Agenor recusa-se a falar. Eliane diz que tudo o que Agenor fez foi por amor. Rosa resolve ir embora da casa e só voltar quando resolverem contar toda a verdade. Eliana se desespera. Rick acha estranho o comportamento de Leonardo, que não quer a polícia envolvida no caso de Drica, e pensa se ele não teria alguma coisa a ver com o seqüestro da sobrinha. Zoe dá razão a Cleo: ela não devia ter-se apaixonado por Leonardo, uma pessoa muito complicada. Bernardo conta a aventura de Saquarema para Helô, que fica morrendo de ciúmes dele com a “minhoca surfista” (Rosa/Drica). Rosa pega o cartão que Marcelo lhe deu.

Tom procura Verônica, que o trata mal e não o deixa falar. Ele joga as chaves do carro na mesa avisando que o carro dela já está na vaga. Eliana e Agenor discutem, porque ele quer negociar com a família da menina e pedir em troca que não os levem presos. Eliana diz que não abre mão da filha. Agenor diz que queria ter morrido no lugar de Fausto. Urânia vai à inauguração levando Jocasta na bolsa. Belquiss desfila pela festa de inauguração do shopping com Clemente a tiracolo e o apresenta a Rick e Marcelo. Clemente vai atrás do garçom, e Marcelo aproveita para dizer que Belquiss está patética ao lado do garotão. Rick paquera uma mulher mais velha. William chega com a família. Jocasta escapa da bolsa de Urânia e se embrenha numa jardineira do shopping. Pedro procura Isabela e eles reatam o namoro. Verônica e Tom mais uma vez ficam presos sozinhos no elevador. Milena manda Clemente ir embora, pois William e Freddy já o viram por lá. Clemente só vai embora quando Belquiss o pagar. Ângela dá o telefone de um cirurgião plástico baratinho que ela achou na internet para Belquiss fazer a plástica que a deixará com a cara de Stella.

Leonardo diz a Zoé que não irão à inauguração do shopping, porque no momento é melhor não serem vistos juntos e pede que a moça confie nele. Lorena vai ao prédio de Zoé e descobre por Queiroz que Leonardo foi para seu apartamento. Verônica acalma Tom, que está com claustrofobia. Os dois acabam se beijando. Rosa liga para Marcelo pedindo ajuda. Ele combina de encontrá-la em Saquarema e Belquiss ouve tudo. Freddy pergunta a Clemente o que ele faz ali. Yvonne fica bêbada e faz um escândalo quando vê Jocasta. A porta do elevador abre, revelando Tom e Verônica aos beijos, para surpresa de Joaquim e de Georgi. Yvonne grita que Verônica desencalhou. Marcelo diz a Stella que surgiu um imprevisto. Belquiss chega e diz que o nome do imprevisto é Drica e pergunta se Marcelo ainda não contou que pode ter encontrado a sua filha perdida. Stella fica atônita.

•~•

Leia também:

Bruno Gagliasso será mocinho em ‘O Sétimo Guardião’

(*) edição sujeita a alteração de data e conteúdo

Novela “Os Dez Mandamentos”: Yunet e Corá observam Moisés e Arão preparando-se para o início da nova praga. 14/02/18

Resu’micro diário da novela bíblica “Os Dez Mandamentos”, exibida na Record a partir das 19h45.

•~•
Capítulo 147 (*)quarta-feira, 14 de fevereiro

•~•
Meketre sente um desconforto ao ouvir Tais mencionar o nome de Bak. Apuki e Jairo se distraem na Casa de Senet. Eliseba repreende Arão pela ida do marido a casa de Apuki. Moisés fica surpreso ao se deparar com Paser em sua porta. Leila visita Bezalel e o parabeniza pelo noivado com Deborah. Oseias se arrisca e vai até a casa de Apuki para tentar encontrar Ana. Mesmo com a desaprovação de Calebe, o rapaz joga pedrinhas na janela da casa do feitor para tentar chamar a atenção de sua amada. A moça finalmente aparece e eles se reencontram.

Oseias alerta Ana que uma nova praga está por vir. Paser questiona Moisés se existe algum ritual para acalmar a ira de Deus. Joquebede explica que a oferenda que mais agrada o Senhor é a fé inabalável. Moisés explica que crê em Deus, já o escutou diversas vezes e é guiado por Ele, deixando Paser encantado. Simut e Paser confessam temer o rumo dos acontecimentos diante da resistência de Ramsés. Moisés revela que o objetivo de sua volta é libertar o povo da escravidão e tirá-lo do Egito. Os sacerdotes ficam chocados com a confissão.

Ramsés pensa saudoso em Moisés e é surpreendido com a chegada de Nefertari. Moisés pede que Paser e Simut guardem o plano dos hebreus em segredo, e diz que as pragas só acabarão quando Ramsés obedecer à ordem de Deus. Os sacerdotes agradecem Moisés pela recepção e saem para o palácio. Judite se apavora ao saber por Ana que outra praga irá atacar os egípcios. Yunet encontra Paser, Simut e Ikeni na vila e promete denunciá-los para Ramsés. Arão fica emocionado ao conversar sobre Deus com os filhos. Leila se anima com a confiança de Abigail, que acredita no poder da benção divina para que consiga engravidar.

A irmã deixa Leila na dúvida ao questionar se ela acompanhará os hebreus na fuga ou continuará no palácio. Oseias e Calebe chegam em casa e avistam Corá com um cajado. O rapaz se assusta e deixa o objeto de Moisés cair, assustando-o. Uri assume para Gahiji que é muito orgulhoso para se reconciliar com Bezalel, mas o cozinheiro tenta encorajá-lo. Oseias questiona Corá, que consegue mentir bem e sai, mas deixa-o desconfiado. Moisés aceita o conselho de Oseias e promete tomar cuidado com Corá. Leila se despede da família e avisa que voltará à vila para o casamento de Bezalel.

Karoma fica aliviada ao encontrar Ikeni, porém se preocupa ao saber que os sacerdotes foram vistos com ele por Yunet. Simut teme que alguém descubra que esteve na vila. Henutmire se entristece ao descobrir que o conflito de Moisés com Ramsés continuará. Eliseba fica apreensiva ao ver Arão indo encontrar Moisés para fazerem o que Deus ordenou. Apuki e Jairo saem para a obra. Ana e Judite pensam em se refugiar na vila por medo da nova praga. Yunet reclama por Corá não ter pego o cajado e pede que o rapaz a acompanhe. Junto com os magos e sacerdotes, Ramsés ora e entrega oferendas para os deuses, pedindo proteção para o reino. Radina ouve uma conversa secreta entre Nefertari e Karoma sobre Moisés, mas disfarça.

Yunet e Corá observam Moisés e Arão preparando-se para o início da nova praga. Leila e Uri fazem as pazes, trocando declarações de amor. Moisés e Arão ficam impressionados ao perceberem a formação de um exame de moscas no céu. Yunet olha assustada e vai embora, temorosa, enquanto Corá continua parado, vendo intrigado. Apavorados, Bakenmut e Ikeni chamam Ramsés para ver a chegada da nova praga. Simut deixa Paser, Janes e Jambres tensos ao avisar que a praga segue em direção ao palácio em forma de uma imensa nuvem negra. Ramsés e Nefertari ficam impressionados com a aproximação do grandioso enxame de moscas.

Moisés e Arão se emocionam ao verem as moscas tomando toda a parte egípcia da cidade. Leila acende incensos para tentar espantar as moscas do harém, na intenção de ajudar Henutmire e Karoma. Judite se esforça para proteger Tais e Meryt de serem alvos das moscas. Leila avisa Hur e Uri que o palácio está infestado de moscas. Jairo e Apuki correm para fugir das moscas sob olhar dos escravos, que são poupados. Bakenmut avisa que já tentou de tudo para afastar as moscas e conta que nada deu certo, irritando Ramsés. Nefertari e Henutmire suplicam para que o rei permita a ida dos hebreus para o deserto.

(*) edição sujeita a alteração de data e conteúdo
•~•

Novela “Os Dez Mandamentos”: Moisés enfrenta Ramsés e pede que liberte os hebreus!! 18/1/18

Xiiii hoje tem fight em “Os Dez Mandamentos”

Moisés enfrenta Ramsés e pede que liberte os hebreus!!

“O Deus dos hebreus nos encontrou Ramsés! Falou comigo e depois com meu irmão.

“E o que disse esse Deus”? Pergunta o faraó.

“Deixai o meu povo ir para o deserto para que celebre uma festa pra mim”! Responde Moisés.

E Ramsés explode:
“E quem é esse senhor que quer que lhe dê ouvidos”?

Não perca o capítulo de hoje vai ser baphônico! É a partir das 18h15 na Record!

 

Novela “Os Dez Mandamentos”: Moisés aceita a sugestão de Arão e decide reunir o povo hebreu! 19/1/18

Resu’micro diário da novela bíblica “Os Dez Mandamentos” exibida na Record de segunda a sexta-feira.

•~•

Capítulo 129 (*) sexta-feira, 19 de janeiro

•~•

Ramsés chama Ikeni e Bakenmut e ordena que não será mais distribuída palha para os escravos para a fabricação de tijolos. Henutmire pede a intervenção de Nefertari na decisão de Ramsés. Falsa, Nefertari diz que irá ajudar. Nefertari conversa com Ramsés e diz que o pedido de Moisés é um absurdo deixando o soberano feliz com o apoio da esposa. Ikeni avisa os hebreus que terão que ir buscar a palha para a fabricação dos tijolos deixando os escravos revoltados. Moisés se encontra com Joquebede e Miriã e diz que o embate entre o Deus de Israel e o Rei do Egito teve início.

Moisés aceita a sugestão de Arão e decide reunir o povo hebreu para informá-los sobre a conversa com Ramsés. Apuki e Jairo sorriem perversos ao saberem que os escravos terão que buscar palha para a fabricação de tijolos. Corá cobra de Apuki uma atitude contra decisão do faraó. Eleazar suspeita que a punição seja por conta da visita de Arão e Moisés ao palácio. Arão avisa Eliseba e Inês que Ramsés não os deixou partir. Henutmire e Hur acreditam que Moisés retornou para lutar pelo povo hebreu.

Leila se chateia ao ver a descrença de Uri em Deus. Nefertari mente para Henutmire dizendo que tentou pedir compreensão para Ramsés e finge estar frustrada. A princesa fica abalada ao saber que o irmão ordenou uma punição aos escravos. Corá avisa Arão e Moisés que os escravos já foram castigados por Ramsés, deixando-os preocupados. Sério, Ramsés diz para Henutmire que Moisés se colocou contra ele e irá se arrepender. Moisés e Arão tentam acalmar a indignação do povo. Corá acusa os irmãos de iludir todos e sai acompanhado de Bina, Datã e Abirão.

Leila confessa para Gahiji que as discussões com Uri estão frequentes e, mesmo a contragosto do marido, visitará novamente a vila. Judite e Ana não acham graça ao verem Apuki e Jairo debochando dos hebreus. Corá obriga Bina, Assir e Elcana a lhe ajudarem entregando palha na obra. Abigail, Deborah, Bezalel e Bak se prontificam a ajudar Zelofeade e Eldade na colheita da palha. Oseias conta que todos os hebreus devem se unir para atender as exigências de Ramsés, na intenção de mostrar que ninguém irá desistir da libertação. Moisés revela para Arão que não irá questionar o castigo de Ramsés ao povo.

Novela “Os Dez Mandamentos”: Moisés diz à Arão que Nefertari tentou seduzi-lo 😲 18/1/18

Sentimento é coisa séria.. Arão vem conferir o resu’micro diário da novela abaixo 👇

•~•

Capítulo 128 (*) quinta-feira, 18 de janeiro

•~•

Ramsés diz a Nefertari que vai convencer Moisés a ficar no reino e que eles poderão ser grandes amigos novamente. Joquebede olha as estrelas e canta na parte externa de casa. Miriã encontra a mãe e as duas ficam conversando sobre Anrão. Joquebede mostra sua fé e aceitação com a morte de Anrão. Arão fica preocupado na sala com a demora de Moisés. Eliseba chama Arão pra dormir, mas ele se nega e continua na sala preocupado. Moisés chega e os dois vão conversar. Leila e Uri conversam sobre a volta de Moisés e como ele está parecido com hebreu.

Uri diz que ainda está bravo com Leila e se vira na cama. Leila tenta fazer as pazes e diz que o ama. Uri não corresponde e diz que vai dormir. Na casa de Zelofeade, Deborah observa apaixonada Bezalel dormindo. Deborah vai buscar um copo de água na cozinha e derrama sem querer em Bezalel, que acorda assustado. Os dois ficam se olhando em clima de romance. Deborah diz a Bezalel que sabe tecer lã e que pode fazer roupas hebreias para ele. Datã tenta entrar na casa de Senet e arruma confusão na porta. Ahmós aparece e diz para os seguranças jogarem Datã na rua. Apuki, Jairo e Corá ficam sentados numa mesa. Corá se esconde com medo de ser expulso. Apuki e Jairo ironizam Corá. Nefertari não consegue dormir e lembra do dia que Moisés confessou que a amava e quando a pediu em casamento.

Moisés conta a Arão que Nefertari tentou seduzi-lo e que apenas tem boa recordação dela. Os dois combinam de voltar ao palácio para contar o motivo pelo qual voltou. Corá e Jairo bebendo na mesa e falando de Safira. Corá percebe que Safira não está. Meketre encontra Ahmós e diz que Safira está no quarto e que vai ate lá. Meketre entra no quarto e vê Safira chorando. Meketre trata Safira bem e ela fica encantada com o jeito dele. Arão conta a Eliseba que Nefertari ainda gosta de Moisés. Oseias e Moisés conversam sobre como foi voltar ao palácio. Moisés conta a Oseias o que Deus disse a ele. Todos ficam ansiosos na casa de Zelofeade para saber como foi a conversa de Moisés e Ramsés.